Capítulo 14

01/11/2014 15:22

A RESSURREIÇÃO PARA O CRISTÃO

 

Capítulo 14

A Bíblia fala muito sobre a ressurreição do corpo. Em diferentes ocasiões algumas pessoas foram levantadas dos mortos. Foram demonstrações milagrosas do poder de Deus sobre a morte. Mas pelo fato deles morreram de novo, entendemos que não foram ressuscitados corporalmente. Ao invés disso, foram “trazidos” de volta à vida. Lázaro é um bom exemplo. João 11:39-44. 

O primeiro exemplo de morte e ressurreição corporal foi o de Jesus Cristo. Cristo é o primeiro fruto dentre os mortos. “Mas, de fato, Cristo ressuscitou dentre os mortos, sendo Ele as primícias dos que dormem.” I Coríntios 15:20. A Bíblia sempre fala da morte de um cristão como “dormindo” e não morto. O primeiro fruto na ressurreição de Cristo é a promessa de Deus que a colheita inteira será feita em breve. 

O Corpo de Cristo, a igreja verdadeira, também terá uma ressurreição corporal própria. “Os mortos em Cristo ressuscitarão primeiro.” I Tessalonicenses 4:16. Essa é a ressurreição do corpo para todos àqueles que morreram em Cristo. Eles serão unidos às suas almas e espíritos e subirão ao céu para serem a noiva de Cristo. Chamamos esse evento de “arrebatamento” da igreja. Veremos mais sobre isso.

Cerca de 500 pessoas testemunharam as aparições de Cristo depois de sua ressurreição. Os testemunhos daqueles que o viram nos desafiam. O número de testemunhos desafia àqueles que não crêem. Na maioria dos tribunais o número máximo de testemunhas oculares exigido é de sete. O Novo Testamento possui relatos de testemunhas documentados que o viram pessoalmente. Cerca de 500 pessoas o viram em seu corpo ressurreto. Outros que também o viram testificaram que Ele estava vivo. Eles falaram com Ele, comeram com Ele, e tiveram comunhão com Ele enquanto estavam com Ele depois da cruz brutal, e de três dias no túmulo guardado por uma pedra. Há evidências claras que Jesus de fato ressurgiu dentre os mortos. 

Os 27 livros do Novo Testamento e a Igreja são os efeitos causados pelo Cristo ressurreto. A igreja começou imediatamente, quando os apóstolos começaram a pregar em Jerusalém, onde Ele tinha sido crucificado e sepultado.Três mil foram salvos num dia. Saíram por todo lugar pregando que Jesus estava vivo. Pode acreditar, se não fosse verdade, o inimigo teria mostrado o corpo de Cristo, porque isso teria silenciado todas as alegações da igreja cristã primitiva. O fato é que três dias depois da crucificação, Ele ressuscitou corporalmente do túmulo. Ele está vivo, e porque Ele vive, nós também viveremos.


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!